Indústria química - 07/02/2020

Comitê Brasileiro de Química da ABNT atualiza normas técnicas

Norma técnica inédita (ABNT NBR 16815:2020) especifica o método para determinação experimental dos compostos orgânicos voláteis em adesivos e selantes


A Comissão de Estudo de Adesivos do Comitê Brasileiro de Química-ABNT (CB-010) desenvolveu mais uma norma técnica inédita a ABNT NBR 16815:2020 - Adesivos e selantes - Determinação experimental de composto orgânico volátil (COV),que especifica o método para determinação experimental dos compostos orgânicos voláteis em adesivos e selantes.

Segundo o coordenador da Comissão de Estudo de Adesivos do CB-010, Wanderley da Costa, a norma foi criada para auxiliar fabricantes no desenvolvimento de seus produtos e como consequência aumentar a qualidade e segurança dos produtos disponíveis no mercado.

Além do desenvolvimento de normas, a Comissão de Estudos de Adesivos do CB-010 também mantém a revisão de normas técnicas que completam cinco anos. Em janeiro de 2020, a Comissão promoveu a atualização das normas:

ABNT NBR 9277:2020 - Adesivos - Determinação da viscosidade - Método do viscosímetro Brookfield, que revisa a norma ABNT NBR 9277:2014;
ABNT NBR 16256:2020 - Determinação do cálculo teórico de composto orgânico volátil (COV) em adesivos e selantes - Método Leed, que revisa a norma ABNT NBR 16256:2014;
ABNT NBR 16257:2020 - Determinação do cálculo teórico de composto orgânico volátil (COV) em adesivos e selantes - Método Mir, que revisa a norma ABNT NBR 16257:2014.
“Trabalhamos para fazer os ajustes dessas normas às tecnologias disponíveis atualmente na fabricação dos adesivos e selantes e nos setores industriais que utilizam esses produtos”, informa da Costa.

A Comissão de Estudo de Poliuretano do CB-010 desenvolveu o projeto de emenda ABNT NBR 8515:2016 Emenda 1:2020 - Espuma flexível de poliuretano - Determinação da resistência à tração, que foi disponibilizado de forma gratuita pela ABNT em janeiro.  

A chefe de secretaria do Comitê Brasileiro de Química-CB-010, Renata Souza, explica: “as comissões do CB-010, que estão no âmbito da Abiquim, trabalham constantemente nas revisões de suas normas com o objetivo de garantir que elas atendam a realidade do setor industrial que consome os produtos químicos e da sociedade como um todo”.

Mais informações sobre a nova norma, as normas revistas e o CB-010 podem ser obtidas com a secretária-executiva do Comitê e assessora técnica da Abiquim, Renata Souza no e-mail:[email protected]