Pneus - 22/05/2020

Vendas de pneus fecham abril com queda de 74,6%

Indústria Nacional de pneumáticos apresenta retração acentuada devido ao impacto da Covid-19 no setor automobilístico


Em abril, a indústria nacional de pneumáticos teve queda de 74,6% em comparação ao mesmo período de 2019. O resultado é consequência da baixa acentuada nas vendas para montadoras (-96,8%) e para o mercado de reposição (-65,2%). Com isso, o mês fechou com um total de 1.202.616 unidades comercializadas. Os dados fazem parte do levantamento setorial divulgado pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP).

"À medida que a indústria de veículos como um todo voltar à atividade, acreditamos que será possível reativar o mercado de vendas de equipamento original. Quanto ao mercado de reposição, ele segue de acordo com as restrições de cada município e estado. Esse retorno heterogêneo e de longo período tem um alto custo para a indústria, por isso é preciso definir um novo conjunto de ações que suportem o retorno da indústria e da economia como um todo, como outros países já estão fazendo", afirma Klaus Curt Müller, presidente executivo da ANIP.