Entrevista - 05/10/2020 | Por: Pedro Damian

Yoshinori Wakitani

Presidente da Sumitomo Rubber do Brasil


Mesmo com as adversidades, apostamos em nossas operações no mercado brasileiro

O executivo participou de todo o processo de construção e instalação da fábrica da Sumitomo Rubber do Brasil, desde o início das operações, em 2012. Em julho de 2018, assumiu o cargo de Presidente da SRB. Nesta entrevista para Borracha Atual ele fala sobre a atuação do grupo no mercado brasileiro, investimentos e perspectivas para o futuro próximo, no mundo pós-pandemia.

BORRACHA ATUAL: Qual o balanço que o Grupo Sumitomo faz dos quase sete anos de atuação no país?

Yoshinori Wakitani: As operações comerciais da Sumitomo Rubber do Brasil se iniciaram, na verdade, em 2012. Em outubro de 2013 inauguramos nossa fábrica de pneus de passeio e, em abril do ano passado, iniciamos também a produção de pneus de carga, além de expandir a fábrica de pneus de passeio já existente.

Foram anos de muitos esforços para consolidar as operações da nossa fábrica e também a presença das nossas marcas no mercado brasileiro. Mesmo com as adversidades, colhemos hoje os frutos desses esforços e continuamos apostando nas operações do Grupo no mercado brasileiro.

O mercado brasileiro é importante para o Grupo?

A fábrica do Brasil é uma das mais modernas entre as 12 fábricas do grupo no mundo e considerada um benchmark, evidenciando a importância das operações no país. 
Além disso, a produção nacional garante a disponibilidade de produtos para ampliar a participação no mercado brasileiro, e também permite que o Grupo possa expandir suas parcerias com as montadoras no fornecimento de pneus para equipamento original.

Qual foi o desempenho da Dunlop no Brasil no ano passado?

Em 2019, a produção de pneus de carros ultrapassou a marca de 5,7 milhões de unidades e ultrapassamos a marca de 25 milhões de pneus produzidos no Brasil. Além disso, a Dunlop abriu sua fábrica focada na produção de pneus para veículos pesados, como caminhões e ônibus, e já encerrou o ano com bons resultados.

A produção de todos os pneus Dunlop no Brasil utiliza a tecnologia TAIYO (Sun) System, um sistema que fabrica pneus sem emendas nas partes de borracha, o que garante produtos mais uniformes e proporciona mais conforto, estabilidade e menor consumo de combustível para os clientes. O módulo de pneus para caminhões no Brasil é a primeira fábrica da Dunlop no mundo a produzir pneus com essa tecnologia.  Então sua inauguração foi um marco para o Grupo como um todo.

A fábrica do Brasil é considerada um benchmark, evidenciando a importância das operações no país.

Qual o portfólio da marca no país? Qual o segmento é mais focado?
A Dunlop trabalha atualmente com pneus de passeio, SUVs, vans, caminhões e ônibus, enquanto a marca Sumitomo trabalha apenas com passeio. Já a marca Falken, também pertencente à Sumitomo Rubber do Brasil, trabalha com um foco maior em pneus off-road e pneus de passeio UHP (Ultra High Performance).

O que significa para a Dunlop o prêmio recebido recentemente como uma das melhores fornecedoras da Toyota?

O prêmio recebido reforça o compromisso que a empresa tem com todos os seus clientes. Seja no mercado de equipamento original ou de reposição. A Sumitomo Rubber do Brasil busca desenvolver e entregar seus produtos com excelência.

Em abril a Dunlop atingiu a meta de ampliar a capacidade de produção para 1.000 pneus por dia para veículos pesados no Brasil. O prazo foi cumprido mais cedo que o planejado. Qual era o prazo anterior? Se não houvesse a pandemia, para quando era esperada a produção em plena capacidade?

A empresa acaba de implementar uma capacidade de produção de 1.000 pneus por dia no país, mais cedo do que o planejado, considerando a importância do mercado de pneus para caminhões e ônibus no Brasil. Independentemente da pandemia, o foco do Grupo é fornecer mais pneus produzidos localmente ao mercado brasileiro. Então não haveria motivos para adiar o plano.

Quais serão os reflexos da pandemia para o grupo em geral e para a Dunlop no Brasil em particular?

Os impactos da pandemia foram sentidos pelos mais diversos segmentos e locais no mundo todo, trazendo uma queda momentânea da demanda em diversos setores. Assim como a maioria das indústrias, a Dunlop no Brasil continua trabalhando para manter suas operações e atingir suas metas dentro deste novo cenário.

Como a empresa está passando este momento e como se prepara para a retomada da economia?

A empresa continua trabalhando dentro de suas metas e estratégias previamente definidas, monitorando e acompanhando as alterações na demanda para atender o mercado da melhor forma possível.

Como a Dunlop analisa as vendas diretas para o consumidor final (não montadoras)? 

A Sumitomo Rubber do Brasil (SRB) comercializa suas marcas para seus distribuidores e é através desses distribuidores que nossos produtos chegam ao consumidor final.

A fábrica do Brasil é considerada um benchmark, evidenciando a importância das operações no país.

Qual a importância para uma fabricante de pneus ter revenda própria para o varejo?

A SRB não tem como responder essa questão, visto que não faz parte do nosso modelo de negócio.

Como está o treinamento/educação da mão de obra?

O Grupo Sumitomo Rubber Industries aposta no treinamento e excelência da mão de obra em todos os níveis e existe um intercâmbio de informações entre as fábricas de diferentes regiões para que elas possam aprender umas com as outras. A SRB possui também programas internos que visam manter o desenvolvimento e aperfeiçoamento de seus funcionários.

Quais as atividades/interação realizadas com a comunidade perto da unidade fabril?

A nossa fábrica está localizada em Fazenda Rio Grande, no Paraná, e desenvolvemos diversas atividades para apoiar a comunidade local. Promovemos campanhas de solidariedade durante o ano, convidando nossos funcionários a participarem de doações para a comunidade local, como por exemplo: campanhas de Páscoa, Dia das Crianças e Natal. Temos também um projeto que chamamos de “Come on!” que foca em proporcionar bons momentos de reflexão para os jovens de Fazenda Rio Grande com o objetivo de auxiliar na orientação profissional. Esta atividade visa oferecer uma direção para os adolescentes na escolha da sua carreira profissional, e é organizada pelas psicólogas da SRB que compartilham importantes orientações e conhecimentos através de ferramentas interativas e dinâmicas. 

Quais os destaques em relação à preservação do meio ambiente?

A Sumitomo Rubber do Brasil busca continuamente tornar-se uma empresa que contribua para a concretização de uma sociedade sustentável. Para esta conquista, um dos objetivos é aprimorar as atividades de meio ambiente e elevar a consciência dos colaboradores.

A SRB também possui o Comitê de Meio Ambiente, responsável pela melhoria contínua do Sistema de Gestão Ambiental com o objetivo de melhorar o desempenho ambiental e acompanhar o plano de ação das atividades.

Além disso, todo o processo de produção foi pensado e desenvolvido para ser sustentável e minimizar qualquer impacto ao meio ambiente.
Dentre todas as atividades, podemos destacar:

  • Reaproveitamento de Água – contamos com uma estação que realiza o tratamento de 100% do efluente doméstico da nossa fábrica e, a partir de setembro, começaremos a trabalhar também com um sistema de reaproveitamento do efluente através de osmose reversa que permitirá reutilizar 50% do efluente gerado no processo produtivo.
  • Preservação ambiental – as tecnologias empregadas na nossa fábrica no Brasil garantem uma expulsão mínima de gases poluentes no processo de fabricação dos nossos pneus. Além disso, a fábrica da Sumitomo Rubber do Brasil envia apenas o mínimo de resíduos para aterros e estamos à procura de novos parceiros e tecnologias para atingir o “Aterro Zero”, reforçando o compromisso da empresa com a preservação do meio ambiente.
  • Plantio de árvores – todos os anos os funcionários do Grupo Sumitomo plantam árvores na Fazenda Rio Grande (região metropolitana de Curitiba). Desde 2015, já foram quase 3.000 árvores plantadas e mais de 200 participantes engajados na ação. Este é um dos nossos compromissos com o meio ambiente.

A reciclagem e a economia circular têm relevância na estratégia da empresa?

Assim como todos os associados da ANIP (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), a SRB participa da Reciclanip, iniciativa considerada uma das maiores da indústria brasileira na área de responsabilidade pós-consumo, também conhecida como logística reversa. Com o apoio das associadas, a entidade faz a coleta e o devido descarte dos pneus inservíveis em todo o país.

As práticas de reciclagem e consumo consciente também são divulgadas e incentivadas dentro da empresa, seguindo seu compromisso em criar uma sociedade sustentável.

Quais os nichos de mercado em que a empresa pretende atuar no Brasil e na América do Sul? 

A SRB continuará trabalhando nos segmentos no qual atua no momento.

A exportação será importante?

A SRB já exporta alguns produtos para outros países da América Latina, mas nosso foco principal é atender o mercado brasileiro.

Novos investimentos estão no radar da empresa?

Nosso foco é consolidar os investimentos já feitos até o momento. n