Pneus - 22/10/2020

Continental equipará os SUVs elétricos da Extreme E

Corridas serão realizadas em lugares exóticos para chamar a atenção do mundo para os efeitos das mudanças climáticas


No final de 2018, o fundador e CEO da Extreme E, Alejandro Agag, se encontrou com o consagrado piloto brasileiro Gil de Ferran e assim começou a tomar forma uma nova e revolucionária categoria do automobilismo mundial: a Extreme.E, que tem a Continental, fabricante de pneus de tecnologia alemã, como cofundadora.Trata-se de uma série de corridas off-road de carros elétricos especialmente projetados, com etapas sendo realizadas em lugares exóticos para chamar a atenção do mundo para os efeitos das mudanças climáticas em cinco diferentes regiões do planeta. E, claro, a série de corridas mais extrema que o mundo já assistiu, realizada em condições tão únicas e exigentes, requer um novo tipo de pneu. A Continental fornecerá os pneus de todos os veículos com o desafio de entregar um produto capaz de atender as intensas demandas por alta performance em qualquer tipo de terreno – incluindo neve e areia – e também os requisitos únicos dos SUV totalmente elétricos da competição.


A prova demandará um pneu confiável, capaz de entregar aderência, tração e excelente desempenho seja sob calor abrasador ou frio congelante; piso lamacento, arenoso ou gelado. Para tanto, a Continental utilizou como base modelo CrossContact LX e desenvolveu dois novos pneus para responder às necessidades da Extreme.E: o CrossContact Xtreme Winter e o CrossContact Xtreme Summer.


A primeira temporada da Extreme E será composta por cinco etapas: Lac Rose, no Senegal; o deserto de Sharaan, Al-‘Ula, na Arábia Saudita; o vale de Kali Gandaki, no Nepal; Kangerlussuaq, na Groenlândia; e Santarém, na floresta amazônica brasileira.